Um passeio virtual pela Champs Élysées

Uma das vias mais famosas do mundo, junto da 5ª Avenida, em Nova York (EUA), a Champs Élysées, em Paris (França), acaba de ganhar um portal na Internet só seu. Lá estão detalhes de tudo o que há naquela que é considerada uma das avenidas mais charmosas e caras da Terra, desde os restaurantes até as lojas de grife. O objetivo dos criadores é estimular o turismo na capital francesa (como se isso fosse necessário) – o número de visitantes caiu este ano em razão da crise mundial.
Se talvez a 5ª Avenida seja imbatível no que diz respeito a compras, ninguém vence o charme de uma via que tem em sua paisagem o Arco do Triunfo. Ainda assim, a Champs Élysées é uma tentação para o bolso (seja pela vontade, no caso dos menos abastados, ou pelos gastos mesmo, no caso dos mais abastados). Lá estão algumas das mais famosas grifes do mundo, como Cartier e Louis Vitton. Ainda que você não esteja na categoria dos mais abastados, é possível fazer compras. As lojas da Nike e da Adidas, por exemplo, oferecem bons produtos a preços “normais”. Também estão na via as lojas da Disney e do Paris Saint-Germain, o time local.
Incrivelmente, a Champs Élysées tem um lado “popular”. Basta entrar nas galerias, algumas das quais chegam a ter lojas de bugigangas.
O charme da via, porém, faz dela mais do que um destino para compras; a Champs Élysées é definitivamente uma experiência. Isso significa dizer que o visitante deve subi-la e descê-la, de um lado e de outro, observando as vitrinas calmamente; cruzar a rua em meio ao movimento de Citröens e Mercedes; entrar nas lojas, checar os artigos; experimentar os cheiros e sabores; sentar em algum banco e ficar ali, parado, só observando o movimento (e que movimento!).
É indispensável jantar em algum dos muitos restaurantes existentes no local, com suas mesas na calçada repletas de turistas de todo lugar do mundo. Os preços não chegam a ser abusivos em relação ao custo de vida parisiense (que já é mais caro do que em outras capitais da Europa). Também experimente um sorvete da Häagen-Dazs (abuse das possibilidades de requinte que a loja oferece, afinal você está em Paris, na Champs Élysées).
Caminhar, comprar e comer só ajudam a sentir essa via, sem dúvida um lugar único, que carrega algo transcendental, uma sensação pela qual não se paga um só centavo – ainda que se esteja em um dos metros quadrados mais caros do Planeta Terra.









PS: o site da avenida é http://www.champselysees.org/.


Fotos: Divulgação e Álbum Pessoal

Um comentário:

mparronchi disse...

Putz! Eu adoro este seu blog! Vc não imagina qto!